Lei de Acessibilidade

Seja o primeiro a comentar! - 29/08/2016

Guia prático para elaborar o projeto do seu elevador

O ambiente urbano precisa ser um lugar de livre acesso para todas as pessoas. Com a tecnologia disponível e cada vez mais empresas focadas em simplificar a vida de pessoas portadoras de necessidades especiais, torna-se cada dia mais fácil respeitar a todos.

Para garantir que este acesso universal seja respeitado por todos, foi criada a Lei nº 7.853/89 ou do Decreto nº 3.298/99, que diz que todas as pessoas são iguais perante a lei, independente de seu sexo ou deficiências e necessidades especiais. Isto existe para garantir o direito de ir e vir, assim como o acesso a saúde, educação, trabalho e lazer como cidadão do nosso país.

Acessibilidade e tecnologia

Como mencionamos, estes diversos problemas a serem superados nas estruturas de acesso de prédios e imóveis de todos os tipos podem ser solucionados através do uso da tecnologia em seus projetos. Diversas empresas já se dedicam exclusivamente a criar soluções inteligentes e confiáveis para garantir a mobilidade e acessibilidade aos portadores de necessidades especiais. Alguns exemplos destes produtos são a plataforma cadeirante, as rampas de acesso, que acompanham ou substituem escadas, assim como itens que adaptam seus objetos do dia a dia, como barras para banheiros especiais.

Plataforma-Cadeirante

Acessibilidade no dia a dia

Respeitar as diferenças, como a Lei de Acessibilidade diz, é compreender que todos possuem os mesmos direitos que nós. E mais, não é tão difícil quando pensamos em criar pequenas mudanças no dia a dia que ajudam a tornar nosso ambiente mais acessível. Por exemplo:

  • Programas especiais garantem que pessoas cegas tenham acesso à internet e todos os seus benefícios e conteúdos. Livros escritos em braile permitem que eles leiam qualquer material apresentado.
  • Pessoas surdas podem ter acesso aos conteúdos televisivos através de legendas e da função closed caption, presente em muitos televisores e canais.
  • Cadeirantes têm livre acesso a prédios, estabelecimentos comerciais, instituições de educação e diversas outras opções que a cidade provem através de rampas de acesso, da plataforma cadeirante e outras adaptações em projetos e locais.

As limitações são impostas pela sociedade, deficientes e portadores de necessidades especiais não precisam viver vidas improdutivas ou limitadas. Um passo de cada vez, nós podemos tornar todos os lugares universalmente acessíveis.


Você também poderá gostar de…

+ Plataformas para cadeirantes no dia a dia!
+ Veja como usar o BNDES na hora de comprar seu elevador para acessibilidade!